22/01/20

Guia online de empresas

Está tudo dando errado?

17/09/2014

Quem já não passou por uma fase difícil na vida, em que parece que nada dá certo, tudo fica difícil, na qual a impressão que se tem é que está numa maré de azar, e não existirá mais solução para os problemas? No auge dessa fase, podem surgir doenças, acidentes, problemas financeiros, perdas, conflitos, estresse no trabalho, entre outros, e parece que tudo fica ruim ao mesmo tempo. O primeiro pensamento que aparece é: “Puxa, isso só acontece comigo! Por que eu?”

 

Muitas pessoas entram nessa fase e passam a vida toda nela, não conseguem mais sair. Tornam-se pessoas infelizes, amargas, deprimidas e adoecidas, verdadeiras vítimas de um mundo cruel, de uma vida que traz somente sofrimentos. Porém algumas pessoas conseguem superar essa fase, mas como elas conseguem, então?

 

Para obter a resposta a essa pergunta, basta entender que uma mesma situação pode ser vivenciada e interpretada em cada pessoa de uma forma totalmente diferente da outra, de acordo com o seu estado mental.

 

O estado mental, ou seja, o estado psicológico, pode fazer com que a pessoa passe a ver os fatos e situações de uma maneira diferente de como elas realmente são. Desta forma, o sujeito pode passar a não ver mais as coisas positivas que dão certo, mas pode focar-se apenas no que dá errado, no que é negativo.

 

Por exemplo: se uma pessoa visse uma folha de ofício branca com uma mancha preta bem no centro dela, e alguém pedisse a ela para relatar o que vê, possivelmente diria que está vendo uma mancha preta. Neste caso, a pessoa deixou de ver toda a grande parte branca da folha, e se focou na mancha preta. O cérebro se focou no que está errado. Mas, e o restante da folha limpa, branca? Ficou em segundo plano, diante de uma mancha feia no centro dela.

 

Desta forma, incorre-se no risco de ficar focado no que está ruim, nos erros, e assim não conseguir mais abrir o campo de visão e achar formas de enfrentar, lidar com os problemas, achar soluções e ver o lado positivo da vida.

 

Então é importante exercitar uma forma diferente de ver a vida e, ao fazer isso, a pessoa pode conseguir entender que em muitas situações o que parece ter sido ruim e negativo, na verdade é algo que precisou acontecer para a vinda seguinte de algo melhor, ou para seu aprendizado. Além disso, vendo a vida de uma maneira diferente, consegue enfrentar melhor os problemas pensando em soluções, em vez de apenas ficar lamentando sem agir e promover mudanças. Afinal, as mudanças não acontecem sozinhas, cada um precisa fazê-las acontecer.

Comentários

Descrição da coluna PSICOLOGIA

Outras matérias da coluna

© Vale do Caí 2013 - Todos os direitos reservados.

Gerenciamento:

Desenvolvimento: