22/01/20

Guia online de empresas

RGE garante que incêndio na fábrica de estofados não iniciou em poste

Companhia informa que não foi constatado problema na rede

12/06/2015  |  Vale Real  |  Policial
Companhia de energia alega que poste ficou intacto

Companhia de energia alega que poste ficou intacto

A RGE encaminhou uma manifestação sobre o incêndio ocorrido na fábrica da Sala Vipp Estofados, de Vale Real, no último dia 28 de abril. Logo após o sinistro, os proprietários informaram que ingressariam na Justiça pedindo indenização junto à companhia de energia, alegando que um curto-circuito teria ocorrido num poste onde teria sido solicitada a troca em fevereiro.

 

A RGE confirma que foi solicitada a avaliação do poste em 27 de fevereiro, mas alega que não foi constatado nenhum problema e as distâncias da rede com relação ao prédio estavam de acordo com as normas vigentes. Conforme apurou a RGE, não teria sido no poste a causa do incêndio. A justificativa é de que as fotos tiradas durante o incêndio mostram que o poste da RGE está intacto. A companhia de energia também esclarece que não pode ter havido um surto da rede elétrica da RGE, pois a medição também estava intacta.

 

A RGE ainda informa que a rede elétrica não se desligou com o incêndio, o que comprova que nada ocorreu na rede. A RGE informa que preparou um laudo técnico que comprova a inexistência de relação entre as estrutura da concessionária e o sinistro ocorrido na fábrica de sofás de Vale Real. A companhia destaca que durante o incêndio houve o desligamento emergencial para dar mais segurança no combate ao fogo. E que o poste em frente à fábrica foi trocado porque com o calor do incêndio acabou queimado em parte.

 

Desde o mês passado a fábrica está funcionando provisoriamente num pavilhão cedido pela Prefeitura na incubadora empresarial, no Morro Paris. Conforme os proprietários, o prejuízo com o incêndio passou de R$ 1 milhão de reais. 

 

 

Guilherme Baptista - jornalista

Comentários

Mais notícias

© Vale do Caí 2013 - Todos os direitos reservados.

Gerenciamento:

Desenvolvimento: