20/01/20

Guia online de empresas

Padroeiro de Harmonia é de origem tcheca

Diplomatas tchecos visitaram o município na segunda-feira

18/03/2015  |  Harmonia
Tchecos durante visita a Harmonia (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Tchecos durante visita a Harmonia (Foto: Divulgação/Prefeitura)

A manhã da segunda-feira, 16 de março, foi agitada em Harmonia. Isso, devido a uma visita especial de diplomatas da Embaixada da República Tcheca no Brasil. O embaixador, senhor Jirí Havlík, o cônsul-geral da República Tcheca em São Paulo com jurisdição no Rio Grande do Sul, senhor Pavel Procházka, e o cônsul tcheco honorário no Estado do Rio Grande do Sul, Fernando Lorenz de Azevedo, visitaram Harmonia, a fim de conhecer a cidade que possui como padroeiro um santo de origem tcheca.

 

Segundo o prefeito Carlos Alberto Fink (Lico), o motivo da visita foi a descoberta de que São João Nepomuceno é um santo tcheco (boêmio). Além de Harmonia, só existe mais uma cidade no Brasil que tem o mesmo santo como padroeiro. É a cidade de São João de Nepomuceno, em Minas Gerais, que completa 200 anos de fundação em 2015.

 

Neste ano, o Kerb de Harmonia contará com uma presença ilustre para festa que homenageia São João Nepomuceno. O arcebispo de Praga, Dominik Jaroslav Duka, enviará um representante para participar das celebrações em Harmonia.

 

Essa foi a primeira visita do embaixador Jirí Havlík ao Estado, que passou também por Nova Petrópolis, no sábado (14), e Porto Alegre, na tarde de segunda-feira (16). Essas visitas servem para despertar o interesse dos descendentes dos imigrantes na busca de suas verdadeiras raízes, seja na Alemanha, Áustria, República Tcheca "Bohêmia", República Eslováquia, Hungria e Polônia (já que na época da imigração o idioma falado oficialmente era o alemão, as línguas pátrias ficavam em segundo plano).

 

O encontro com o prefeito Lico e autoridades do município aconteceu no gabinete. Após, os diplomatas foram levados para conhecer o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Recanto Nativo, Igreja Matriz, ACEFH (Associação Cultural Educando para o Futuro de Harmonia) e a cachaçaria artesanal Harmonie Schnaps.

 

Lico os colocou a par da cultura da cidade, dos tipos de produção e das principais demandas, ressaltando que a agricultura é responsável por 67% do retorno que o município tem, além da importância que o santo padroeiro sempre teve na comunidade, sendo homenageado durante o Kerb.

 

Participaram também Jaroslav Dohnálek, tcheco, consultor de empresa e tradutor, a senhora Edeltraud Preissler Dela Pace, tcheca, escritora e divulgadora da cultura e o pesquisador e divulgador da cultura tcheca, Vinicius Dela Pace.

 

 

PARA ENTENDER

 

A República Tcheca (01/01/1993) era conhecida como República da Tchecoeslováquia, de 1918 a 1992. Na época da imigração, era conhecida como Reino da Boêmia e esteve anexado ao Reino da Áustria de 1620 a 1918.

 

Os imigrantes tchecos ou boêmios, por falarem böhmisch, um dialeto alemão, com o passar do tempo, acabaram se identificando como alemães, pelo idioma e não pelo local de nascimento. Muitas famílias desses imigrantes historicamente são boêmias, mas atualmente são identificadas como tchecas.

 

 

Informações: Prefeitura Municipal de Harmonia

Edição: Mery Regina Griebler

Comentários

Mais matérias sobre Turismo e Cultura

© Vale do Caí 2013 - Todos os direitos reservados.

Gerenciamento:

Desenvolvimento: