28/03/20

Guia online de empresas

Sobe para seis o número de mortos carbonizados na BR 386

Levantamento ocorreu após a remoção dos veículos queimados

09/05/2015  |  Montenegro  |  Policial
Caminhão e Marajó incendiaram após colisão (Foto: JB Cardoso/Fato Novo)

Caminhão e Marajó incendiaram após colisão (Foto: JB Cardoso/Fato Novo)

Após a retirada do caminhão que estava sobre a Marajó, no acidente da madrugada deste sábado, dia 9, na BR 386 (Tabaí-Canoas), foi constatado que haviam seis corpos carbonizados no interior do carro. Inicialmente a suspeita era de que seriam três ocupantes. As vítimas ainda não foram identificadas, mas teria inclusive crianças dentro da Marajó.

 

O grave acidente ocorreu  por volta de 3 horas, na altura do quilômetro 390 da BR 386 (Tabaí-Canoas), localidade de Coxilha Velha, perto da divisa entre Montenegro e Triunfo. Após colisão entre um caminhão com carroceria baú, carregado de remédios, e uma Marajó, os dois veículos se incendiaram.

 

O caminhão, com placas IUR 9329, de Santo Ângelo, ia de Cachoeirinha para Passo Fundo, no sentido Porto Alegre/Triunfo. Conforme o motorista do caminhão, Luciano Moraes, de 39 anos, a Marajó estaria parada no meio da pista e com as luzes apagadas. Mesmo freando, conta que não foi possível evitar o choque. Ele lembra que pulou do caminhão com os dois veículos já em chamas, não sendo possível socorrer as vítimas da Marajó de placas IDH 2785, de Canoas.

 

O local foi isolado para a realização da perícia, com o trânsito ficando interditado parcialmente e fluindo de forma intercalada. O número de seis vítimas fatais só foi confirmado após a remoção dos veículos. As identificações ainda não foram confirmadas. Além da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Bombeiros e Polícia Civil estão no local.

 

 

Informações: JB Cardoso/Fato Novo

Texto: Guilherme Baptista

Comentários

Mais notícias

© Vale do Caí 2013 - Todos os direitos reservados.

Gerenciamento:

Desenvolvimento: